Gig@ co-organiza II Encontro Ciberfeminista Internacional no FSM 2018

O Grupo de Pesquisa em Gênero, Tecnologias Digitais e Cultura (Gig@ – FACOM/UFBA) está co-organizando o II Encontro Ciberfeminista Internacional: Descolonizando a Internet. O evento será realizado na tarde do dia 15 de março (quinta-feira) e integra a programação do Fórum Social Mundial 2018, que acontece entre 13 e 17 de março, em Salvador (BA).

A proposta do encontro é debater e criar uma Rede de Ciberfeministas a partir de plataformas seguras, livres e autônomas, que possam fortalecer o trabalho coletivo das mulheres a nível local e global.

“Compreendendo os ciberfeminismos contemporâneos como o cruzamento de diversas estratégias de comunicação digital, amplamente utilizadas pelos movimentos de mulheres, pretendemos criar uma Rede de Ciberfeministas que nos permita discutir formas de defesa do ativismo feminista (cis e trans) na internet, focando na privacidade e na segurança digital do ponto de vista de uma internet feminista. O objetivo geral do Encontro é criar esta rede e discutir e sensibilizar as lideranças feministas e grupos de mulheres que utilizam internet a respeito da necessidade de espaços seguros, autodefesa e usos críticos dessa ferramenta de comunicação, discutir as possibilidades para uma internet inclusiva, feminista e antirracista”, explicam as organizadoras na chamada do evento.

Entre os vários grupos e entidades que também participam da organização do II Encontro Ciberfeminista Internacional estão a Associação Cultural e Artística de Santigo do Iguape, Cachoeira/BA, Blogueiras Negras, PretaLab, InternetLab, Meninas Digitais-Regional Bahia, Escola de App, Intervozes, Barão de Itararé, Grupo de Pesquisa em Políticas e Economia da Comunicação e da Informação – PEIC/ECO/UFRJ.

Se inscreva no Fórum Social Mundial 2018: https://wsf2018.org/

Participe do grupo de Ciberfeministas no FSM 2018: https://wsf2018.org/es/grupos/ciberfeministas/

Sobre Eduardo Francisco