Resenhas Arquivo

  • <div class="at-above-post-cat-page addthis_tool" data-url="http://gigaufba.net/resenha-mulheres-raca-e-classe-de-angela-davis/"></div>Fonte imagem: blogdaboitempo.com.br Referência: DAVIS, Angela. Mulheres, raça e classe. S.Paulo: Boitempo, 2016 [1981] Autora: Profa. Graciela Natansohn Angela Davis é filósofa, professora (aposentada) de História da Consciência (Universidade de Califórnia, USA),  dirigente do Partido Comunista de EEUU, ex integrante das Panteras Negras e investigadora especializada em feminismo, marxismo, abolicionismo do sistema penitenciário, teoria crítica e […]<!-- AddThis Advanced Settings above via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Advanced Settings below via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Advanced Settings generic via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Share Buttons above via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Share Buttons below via filter on get_the_excerpt --><div class="at-below-post-cat-page addthis_tool" data-url="http://gigaufba.net/resenha-mulheres-raca-e-classe-de-angela-davis/"></div><!-- AddThis Share Buttons generic via filter on get_the_excerpt -->

    Resenha: Mulheres, raça e classe de Angela Davis

    Fonte imagem: blogdaboitempo.com.br Referência: DAVIS, Angela. Mulheres, raça e classe. S.Paulo: Boitempo, 2016 [1981] Autora: Profa. Graciela Natansohn Angela Davis é filósofa, professora (aposentada) de História da Consciência (Universidade de Califórnia, USA),  dirigente do Partido Comunista de EEUU, ex integrante das Panteras Negras e investigadora especializada em feminismo, marxismo, abolicionismo do sistema penitenciário, teoria crítica e […]

    Continue Lendo...

  • <div class="at-above-post-cat-page addthis_tool" data-url="http://gigaufba.net/manual-zen-apresenta-dicas-indispensaveis-de-seguranca-e-privacidade/"></div>Tatical Technology Collective & Association for Progressive Communications (APC). Zen and the art of making tech work for you. Disponível em: https://gendersec.tacticaltech.org/wiki/index.php/Complete_manual (versão em espanhol: https://gendersec.tacticaltech.org/wiki/index.php/Complete_manual/es) Acesso em: 07 fev. 2017. O Manual Zen (ou Zen and the art of making tech work for you) é um texto com recomendações […]<!-- AddThis Advanced Settings above via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Advanced Settings below via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Advanced Settings generic via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Share Buttons above via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Share Buttons below via filter on get_the_excerpt --><div class="at-below-post-cat-page addthis_tool" data-url="http://gigaufba.net/manual-zen-apresenta-dicas-indispensaveis-de-seguranca-e-privacidade/"></div><!-- AddThis Share Buttons generic via filter on get_the_excerpt -->

    Manual Zen apresenta dicas indispensáveis de segurança e privacidade

    Tatical Technology Collective & Association for Progressive Communications (APC). Zen and the art of making tech work for you. Disponível em: https://gendersec.tacticaltech.org/wiki/index.php/Complete_manual (versão em espanhol: https://gendersec.tacticaltech.org/wiki/index.php/Complete_manual/es) Acesso em: 07 fev. 2017. O Manual Zen (ou Zen and the art of making tech work for you) é um texto com recomendações […]

    Continue Lendo...

  • <div class="at-above-post-cat-page addthis_tool" data-url="http://gigaufba.net/pesquisadoras-do-gig-publicam-resenha-na-revista-feminismos/"></div>O Programa de Pós-graduação em Estudos Interdisciplinares sobre Mulheres, Gênero e Feminismo (PPGNEIM) lançou a 3º edição da Revista Feminismos. Neste número, as pesquisadoras do grupo Gig@ (Bruna Rocha, Leidiane Alves, Tamila dos Santos e Marcella Alencar) contribuíram com uma resenha do livro Internet em Código Feminino – uma coletânea […]<!-- AddThis Advanced Settings above via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Advanced Settings below via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Advanced Settings generic via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Share Buttons above via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Share Buttons below via filter on get_the_excerpt --><div class="at-below-post-cat-page addthis_tool" data-url="http://gigaufba.net/pesquisadoras-do-gig-publicam-resenha-na-revista-feminismos/"></div><!-- AddThis Share Buttons generic via filter on get_the_excerpt -->

    Pesquisadoras do Gig@ publicam resenha na Revista Feminismos

    O Programa de Pós-graduação em Estudos Interdisciplinares sobre Mulheres, Gênero e Feminismo (PPGNEIM) lançou a 3º edição da Revista Feminismos. Neste número, as pesquisadoras do grupo Gig@ (Bruna Rocha, Leidiane Alves, Tamila dos Santos e Marcella Alencar) contribuíram com uma resenha do livro Internet em Código Feminino – uma coletânea […]

    Continue Lendo...

  • <div class="at-above-post-cat-page addthis_tool" data-url="http://gigaufba.net/quatro-razoes-para-estudar-a-midia-digital-com-perspectiva-de-genero/"></div>1. As mulheres precisam acabar com o mito de que a tecnologia é coisa de homens. Durante muito tempo mulheres foram tratadas como tecnofóbicas. Enquanto isso, a tecnologia é fonte  fundamental do poder masculino e traço definitório da masculinidade. Por isso, na medida em que as mulheres se apropriam da […]<!-- AddThis Advanced Settings above via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Advanced Settings below via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Advanced Settings generic via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Share Buttons above via filter on get_the_excerpt --><!-- AddThis Share Buttons below via filter on get_the_excerpt --><div class="at-below-post-cat-page addthis_tool" data-url="http://gigaufba.net/quatro-razoes-para-estudar-a-midia-digital-com-perspectiva-de-genero/"></div><!-- AddThis Share Buttons generic via filter on get_the_excerpt -->

    Quatro razões para estudar a mídia digital com perspectiva de gênero

    1. As mulheres precisam acabar com o mito de que a tecnologia é coisa de homens. Durante muito tempo mulheres foram tratadas como tecnofóbicas. Enquanto isso, a tecnologia é fonte  fundamental do poder masculino e traço definitório da masculinidade. Por isso, na medida em que as mulheres se apropriam da […]

    Continue Lendo...